Página Inicial   >   Notícias

Dano Moral Unibanco é condenado a indenizar cliente por ter reduzido seu limite de crédito sem prévia comunicação

12/07/2012 por ASCOM -TJ/PR

Por ter reduzido o limite do cheque especial de um correntista (R.R.S.), sem prévia comunicação – fato esse que ocasionou a devolução de dois cheques e a consequente inscrição de seu nome em cadastros de emitentes de cheque sem fundos –, o Unibanco foi condenado a pagar ao referido cliente a quantia de R$ 6.000,00 a título de dano moral.



Essa decisão da 15.ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Paraná reformou a sentença do Juízo da 4.ª Vara Cível da Comarca de Londrina que julgou improcedente o pedido formulado na ação de indenização por danos morais ajuizada por R.R.S. contra o Unibanco – União de Bancos Brasileiros S.A.



O relator de recurso de apelação, desembargador Jucimar Novochadlo, consignou em seu voto: "A jurisprudência é assente no sentido de que a instituição financeira tem o dever de fornecer ao correntista todas as informações relativas à conta corrente e, em assim não o fazendo, cometeu o bando apelado ato ilícito gerando o direito à indenização".



(Apelação Cível n.º 914913-9)

Comentários

© 2001-2019 - Jornal Carta Forense, São Paulo

tel: (11) 3045-8488 e-mail: contato@cartaforense.com.br