Página Inicial   >   Notícias

Rio de Janeiro "Pittboys" são condenados por agredir pai e filho

06/08/2009 por Carta Forense

Paulo Roberto Curi foi condenado a pagar R$50mil de danos morais ao DJ Ricardo Luiz Ângelo e R$25 mil a seu filho Miguel Ângelo por agredi-los em uma festa no Condomínio Barra Summer Dreans, na Barra da Tijuca. Paulo e um grupo de amigos espancaram, esfaquearam e quebraram os equipamentos de som dos autores da ação após eles se recusarem a aumentar o volume da música. 

A juíza da 6ª Vara Cível da Barra da Tijuca, Flavia de Almeida Castro, julgou ser indiscutível a culpa do réu no que classificou como um episódio lamentável.  Segundo ela, Paulo Roberto ignora as regras de convívio social.

"O desprezo pela pessoa humana demonstrado pelo réu e seus comparsas quase chega ao limite máximo de ceifar a vida do primeiro autor, que foi covardemente esfaqueado, quando estava no local apenas trabalhando". Ricardo e Miguel receberão também R$10 mil de danos materiais pelos aparelhos eletrônicos danificados.

Comentários

© 2001-2019 - Jornal Carta Forense, São Paulo

tel: (11) 3045-8488 e-mail: contato@cartaforense.com.br