Página Inicial   >   Notícias

Reparação de danos Pai e filho condenados por colisão com poste que deixou cidade sem energia

31/01/2012 por ASCOM-TJ/SC
A 4ª Câmara de Direito Público do TJ/SC, em matéria relatada pelo desembargador substituto Rodrigo Collaço, manteve a sentença da comarca de Itapiranga que condenou Décio Eidt e Alexandre Eidt ao pagamento de reparação de danos no valor de R$ 2,4 mil, em favor de Centrais Elétricas de Santa Catarina - Celesc. Alexandre, na condução do automóvel de seu pai, Décio, perdeu o controle do veículo e colidiu com um poste.

   Devido aos danos, o município de Itapiranga ficou sem energia elétrica por cinco horas. Pai e filho reconheceram a ocorrência do acidente e os danos, mas sustentaram que o poste já estava avariado antes do sinistro. Ademais, contestaram os valores apresentados pela autora, mas não apresentaram contraproposta. De acordo com a sentença de 1º grau, está comprovado por documentos que o valor da indenização condiz exatamente com os gastos que a Celesc teve com a reparação do poste. A votação foi unânime. (Ap. Cív. n. 2010.071729-2)

Comentários

© 2001-2019 - Jornal Carta Forense, São Paulo

tel: (11) 3045-8488 e-mail: contato@cartaforense.com.br