Página Inicial   >   Notícias

Crime Negada decretação de segredo de Justiça do caso Yoki

O juiz Adilson Paukoski Simoni, da 5ª Vara do Júri da Capital, negou, na última quarta-feira (3), pedido de decretação de segredo de Justiça nos autos do processo movido contra Elize Araújo Kitano Matsunaga, acusada de matar seu marido, Marcos Kitano Matsunaga, no último mês de maio.

        O pedido – formulado pela Assistência da Acusação em razão da ampla divulgação das fotos do cadáver da vítima através de sites e redes sociais – foi indeferido pelo magistrado sob o fundamento de que, se ultrapassada a primeira fase do procedimento, admitindo-se a acusação contra a ré, o julgamento será realizado pelo Tribunal Popular, “que traz no seu bojo a mais expressiva transparência identificadora de um Estado Democrático de Direito, onde a publicidade é a regra, e o sigilo é a exceção”.

 

        Comunicação Social TJSP – AM (texto)

Comentários

© 2001-2019 - Jornal Carta Forense, São Paulo

tel: (11) 3045-8488 e-mail: contato@cartaforense.com.br