Página Inicial   >   Notícias

Trânsito Motorista que invadiu posto e atropelou frentista em Ribeirão Preto deve ir a júri popular

A 4ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça de São Paulo decidiu hoje (7) que Caio Meneghetti Fleury Lombard será julgado por júri popular, em Ribeirão Preto. Os desembargadores, no entanto, deram parcial provimento ao recurso do réu para afastar as qualificadoras de impossibilidade de defesa das vítimas, meio cruel e perigo comum.



Lombard foi denunciado por dupla tentativa de homicídio porque, em fevereiro de 2008, na cidade de Ribeirão Preto, dirigia em alta velocidade quando atravessou o canteiro da rua Maximiano de Almeida, invadiu um posto, derrubou uma bomba de combustível, atropelou o frentista e ainda bateu em um automóvel estacionado. A ocorrência teria causado ferimentos graves no frentista e no motorista do veículo estacionado. A denúncia ainda afirmava que Lombard estaria embriagado e drogado.



A decisão foi por maioria de votos e contou com a participação dos desembargadores Eduardo Braga, Salles Abreu (relator designado) e Willian Campos.

 

        Recurso em Sentido Estrito nº 9000454-46.2009.8.26.0506

 

        Comunicação Social TJSP – CA (texto)

Comentários

© 2001-2019 - Jornal Carta Forense, São Paulo

tel: (11) 3045-8488 e-mail: contato@cartaforense.com.br