Página Inicial   >   Notícias

Injúria Indenizado homem chamado de vagabundo na TV

18/06/2008 por Carta Forense

A 2ª Vara Cível da Comarca de Tubarão viabilizou a conciliação entre a TV O Estado Florianópolis Ltda, retransmissora catarinense do SBT, e o mecânico Manoel Luiz Mota Filho, que solicitara na Justiça indenização por danos morais após ter sido acusado de "bandido" em matéria jornalística. Pelo acordo firmado, a TV indenizará o mecânico em R$ 8 mil, a serem pagas em quatro parcelas mensais.

Em setembro de 2007, uma equipe de reportagem do programa SBT Meio-Dia realizou filmagens na oficina de motos de propriedade de Manoel. A reportagem veiculada no dia seguinte falava do armazenamento de medicamentos tarja preta no local.

O apresentador do programa, ao exibir a foto de Manoel na tela da TV, teria o acusado, ainda, de "sem vergonha". Segundo o mecânico, a reportagem fez cair o movimento em sua oficina, além de ter causado profundo abalo psíquico e social. "É importante que os magistrados se dediquem em dissuadir os litigantes de sua natural renitência, apresentando-lhes as vantagens de uma solução mediada.", destacou o juiz Luiz Fernando Boller. As partes renunciaram ao direito recursal, e o processo já foi arquivado. (Ação Indenização por Danos Morais nº 075.07.009617-6)

Comentários

  • Adimilson Candido Marcondes
    19/06/2008 16:24:58

    ? mais um dos motivos, dentre mil outros, que acontecem no nosso pa¡s, essas indeniza╬äes serve para amenizar o dano moral sofrido. Admilson-RibeirÆo Preto/SP

© 2001-2019 - Jornal Carta Forense, São Paulo

tel: (11) 3045-8488 e-mail: contato@cartaforense.com.br