Página Inicial   >   Colunas

CRÔNICAS FORENSES Sobre celulares e laptops

02/05/2017 por Roberto Delmanto

O incrível progresso tecnológico do final do século passado continua no presente. Atualmente, os celulares são verdadeiros computadores de bolso, que tudo, ou quase tudo, fazem.

 

            Se as novidades que a todo tempo surgem são bem-vindas, por outro lado o uso dos celulares tornou-se um verdadeiro vício nacional. Crianças, adolescentes e adultos deles não largam um só instante.  

 

            As próprias conversas entre amigos e namorados deixaram de ser pessoais. Fora os danos psicológicos, ainda não avaliados, já se tornaram comuns as lesões nas mãos e pulsos por esforços repetitivos.

 

            Nos tribunais, os juízes não deixam por um só momento de usar seus laptops, mesmo quando Procuradores da República ou de Justiça, e advogados, estão com a palavra. O fato gera grande desconforto nos oradores, que têm a sensação de não estar merecendo a menor atenção.

 

            Paulo Sérgio Leite Fernandes, decano dos criminalistas paulistas, é um orador primoroso. A tal ponto que, certa vez, esgotados os quinze minutos previstos para as sustentações orais, o Presidente de uma das Câmaras Criminais do Tribunal de Justiça de São Paulo, com a concordância de seus pares, lhe disse que poderia continuar pelo tempo que desejasse.

 

            Em outra ocasião, sustentando perante o Pleno do STF, ao ver que a então Presidente continuava usando  seu laptop, parou repentinamente sua fala. Surpresa, a ilustre Magistrada perguntou-lhe se já havia encerrado a defesa, ao que Paulo Sérgio respondeu que, respeitosamente, estava esperando que ela terminasse sua consulta no laptop. A ex-Presidente, mais surpresa ainda com a resposta, disse-lhe que poderia prosseguir, o que o notável causídico fez, agora com a devida e merecida atenção ...

Comentários

BEM-VINDO À CARTA FORENSE | LOG IN
E-MAIL:
SENHA: OK esqueceu?

ROBERTO DELMANTO

Roberto Delmanto

Advogado criminal, é autor dos livros Código Penal Comentado, Leis Penais Especiais Comentadas,
A Antessala da Esperança, Causos Criminais e Momentos de Paraíso - memórias de um criminalista, os três primeiros pela Saraiva e os demais pela Renovar.

NEWSLETTER

Receba nossas novidades

© 2001-2017 - Jornal Carta Forense, São Paulo

tel: (11) 3045-8488 e-mail: contato@cartaforense.com.br